Posts Recentes

Statement Necklaces

Desde que os maxi colares surgiram, sabemos que é fácil e prático dar um up em qualquer produção básica. Esse acessório é um coringa que toda mulher deve ter no armário, ou na gaveta e carregar no pescoço. As versões mais modernetes – e que particularmente tenho preferido – são inteiras em prata e bem maxi meeesmo, chamadas de statement jewelry.  O fato de ser inteira de uma cor torna a peça ainda mais usável. Confiram alguns modelos, como usar e onde comprar:

maxi9

maxi8

maxi7

maxi6

maxi5

maxi4

maxi3

maxi2

maxi.

Onde comprar?

necklaces/statement

A Dannijo é uma loja que eu admiro muito! As peças são todas criadas e feitas a mão pelas donas, são peças únicas, com uma identidade muito forte. Mas o preço, sinceramente, não me dá coragem!! Já nosso amigo fiel xing ling Aliexpress nunca falha, e nos oferece esse colar muito bacana por 5 amigáveis doletas! Falando em custo x benefício nunca podemos esquecer da Forever 21, esse colar está demais!

E aí, gostaram?!

5
  
Comentar

Por Mariliz Pereira Jorge

Gente, hoje tomei a liberdade de copiar um dos textos que eu mais gosto da Mariliz Pereira Jorge (leio todos desde que ela começou o blog mpjota.com). Espero que vocês também se identifiquem. A Mariliz é uma jornalista que admiro muito, e nossa conterrânea também! Esse texto foi escrito para a Folha de S. Paulo, na sua coluna semanal (se vocês gostarem, acompanhem toda quinta!):

Faxina na Vida

mariliz

mariliz 2

mariliz3

É ou não é a mais pura verdade? Obrigada Mariliz, por traduzir meus e talvez os seus pensamentos e sentimentos em palavras! Inspirador.

Falando nela, sua coluna da Folha de hoje teve um texto lindo ‘Como é difícil dizer eu te amo’ lindo lindo lindo, confiram:                                         http://www1.folha.uol.com.br/colunas/marilizpereirajorge/2014/08/1500221-faxina-na-vida.shtml

6
  
Comentar

Minhas Headbands

Quem me conhece sabe bem que sou apaixonada por headbands e tiaras de todos os tipos. Acho que especialmente porque não aguento ficar com o cabelo solto nem metade de um dia inteiro. Por isso sempre que posso invisto em uma headband legal… Tenho várias coloridas e algumas que posso usar sempre, mais básicas. E tem as de festa também, mais formais… Fotografei pra vocês e coloquei algumas fotos de como eu gosto de usar. Sempre me perguntam como eu coloco. Não tenho um jeito específico e cada uma é diferente da outra. Eu não me encano muito com cabelo, quase sempre coloco e deixo do jeito que está, talvez esse seja o segredo hahah… quanto mais você mexe, mais implica. Enfim, se inspirem:

foto (89)

Blogheadband4

Essa toda colorida e a cara do verão é da Strawberry, comprei em NY esse ano, e acho que paguei uns $ 5 dólares, no máximo!

Blogheadband3

A de pérola eu não lembro mais onde comprei, é bem antiga, mas usei em um casamento esses tempos:

foto (92)

headband5

Essa não dá pra ver bemmm direitinho, mas é a azul da foto:

foto (94)

Blogheadband2

Blog.headband5

As mais coloridas – e largas. As minhas preferidas são da Urban Outfitters e da Zara. Na Zara tem que ter mais sorte pra achar, não tem tanta variedade. Mas na Urban seeeempre tem várias!!! A primeira do canto esquerdo, acima, eu comprei na praia, no Rio, e a tie dye eu ganhei!

headband4

headband2

headband

foto (93)

Blog.headband

Essa é a mais recente, que eu ganhei dos meus primos que foram pra África… É super estilosa e dá pra usar de várias maneiras, como lenço também, no pescoço, faixa, etc. Ainda não usei, ainda! Amei!

Quem mais ama headbands?!

19
  
Comentar

Brigadeiro de Oreo!!!

Faz um tempo que não posto receitas aqui. E a de hoje é incrivelmente deliciosa, merece muito estar no post de volta às receitas. Nada mais, nada menos, que brigadeiro de Oreo!!! Provei na casa de uma amiga esses tempos e me apaixonei, logo pedi a receita. Super fácil, confiram:

oreo!

Ingredientes:

- Oreo (ah, vá!)

- Manteiga

- Chocolate Branco

- Leite Condensado

Como fazer:

Na panela, colocar a manteiga (ai como eu amo manteiga!!!!) e depois o leite condensado, como se fosse fazer um brigadeiro normal mesmo. Depois de um tempo, coloque os tabletes de chocolate branco.

Enquanto o brigadeiro vai ficando pronto, abra as bolachas e retire o recheio. Separe o recheio e amasse as bolachas, para que fiquem em pedacinhos.

superimagem-megacurioso-89832196200230703

Coloque o recheio da oreo junto com o leite condensado, manteira e chocolate branco na panela e mexa até que o brigadeiro comece a criar ‘forma’. Depois de um tempo, jogue (atenção!) apenas metade dos pedacinhos das bolachas oreo e mexa. Deixe por mais um tempo, quando ver que o brigadeiro endureceu, retire, coloque em um prato e jogue a outra metade das bolachas por cima do brigadeiro. E pronto! Hummmmmmmmmm… é sensacional!!! O resultado:

foto 3 (6)

Foto linda do briga por Paola Rossi, obrigada amore!

Testem essa receita, façam para os amigos, aproveitem o fds pra isso que vale a pena. Mil beijos!

2
  
Comentar

Sessão Pipoca

Estou me tornando uma cinéfila nos últimos meses e como faz algum tempo que não posto dicas de filmes por aqui, aí vão três dos meus preferidos que assisti nos últimos dias:

- Não é novo, mas só assisti essa semana e gostei demais:

A Pele que Habito

a-pele-que-habito2

Ouvi pessoas que não gostaram e até pensei em não assistir. Mas gente, cada um é cada um, isso não existe. Tem que ver pra saber… e eu adorei.
É um drama espanhol do diretor Almodóvar (sendo bem sincera, não o conhecia até então). É uma história sobre vingança, transexualidade e obsessão. O filme é um mistério que vai sendo desvendado aos poucos. Antonio Bandeiras é um cirurgião plástico chamado Richard Ledgard, que cria um tipo de pele resistente a qualquer tipo de dano possível. A cobaia é a chamada Vera Cruz – atuação maravilhosa de Elena Anaya.

Old Boy

Oldboy-Coreano

Os dramas são sempre meus favoritos, então é o que mais vocês verão por aqui! Old Boy é um filme coreano, que também envolve vingança. Um coreano fica sequestrado durante 20 anos em um quarto, com a memória afetada propositalmente. Quando finalmente é solto, vai em busca do responsável pelo seu sofrimento todos esses anos. Ótimo!

Fargo

No mesmo time dos dramas, esse filme tem um quê de especial pois é uma história real. Eu amo histórias reais. Apesar dessa não ter um final feliz, vale a pena. O filme foi feito em 1996. Nos EUA, um gerente de uma loja de automóveis está passando por dificuldades financeiras. Ele resolve contratar dois caras para sequestrar a própria mulher para ficar com o dinheiro do resgate, já que o seu sogro é um homem muito rico. Uma série de acontecimentos inesperados provoca algumas mortes inocentes e muita confusão.

fargo-1996

***

10
  
Comentar